[Retrospectiva Aleatória] Parte 6: TWICE, IZ*ONE, gugudan, WEKI MEKI e etc + Recado Importante

Eu prometi isso, então tenho que cumprir minha promessa. Vocês não imaginam o sofrimento que passei para fazer este post (falo mais no final).

E agora a blogosfera está desmoronando (falo mais no final²) preciso mostrar que ainda estou aqui!

Vou comentar coisas que foram lançadas desde que postei as primeiras cinco partes desse negócio em outubro porque sei que a minha muito requisitada opinião é importante para que vocês meros capopeiros saibam o que devem ouvir ou não, porque se eu não gosto não presta.

Avisos anti-fandomzeiros loucos: Todas as músicas incluídas nesse post são coisas que eu gostei, mesmo que fale mal, chame de bosta, merda, lixo (né TWICE?). Provavelmente por eu acompanhar tudo dos girlgroups sem vergonha de ouvir o aegyo irritante horrível (além de outras coisas).

Se não  gosto da música, nem vai aparecer aqui, por que nem lembrarei da existência.

É isso. Let’s go!

Seulgi, SinB, Chungha e Soyeon – Wow Thing

Soyeon foi mais bem aproveitada aqui do que em seu grupo, mesmo ela sendo 70% do (G)I-DLE só escrevei esse nome uma vez, deus me dibre , o rap dela, para mim, é o destaque da música. Wow Thing tem uma estilo bem gostosinho, com o plus de termos essas idols juntas. Podemos ver SinB com um visual que não veremos no GFRIEND, o que já é uma vitória, mesmo ela sendo a mais apagada daqui. SM devia experimentar continuar fazendo isso com outras idols.


iKON – GOODBYE ROAD

Olha o que eu disse sobre o comeback anterior do grupo:

Parabéns para o YG (é difícil elogiar esse coiso) por não dar uma segunda versão de Love Scenario para o comeback do iKOKO depois de ela ter hitado.

Aí o que acontece no próximo comeback? Isso mesmo! Essa bosta.

E ainda ousaram plagiar os cenários de Hi High.


NOIR – Ariplane Mode

Eu gosto do início com o violino (ou sei lá o que) que dá uma dramaticidade legal pra coisa. Tem partes da letra que lembra Forever Young do BLACKPINK. mas no fim é só mais um oppa fodão concept.

 


Sugar Tint – Heart Ppyeong

A ideia aqui é boa, emulando retrô n música e MV, só faltou um pouco de pulso. O instrumental é ótimo mas a parte vocal deixa um pouco a desejar. Quiseram dar uma aegyozada, o que no fim não combinou muito.


Soyou – All Night

Soyou deve ter percebido que ficar tentando repetir Some não estava dando certo e se libertou desse fardo. Acho legal que consigo ver o SISTAR lançando isso aqui. Dito isso, acho o refrão meio decepcionante. Mas vindo de Soyou o saldo é positivo.


Yuri – Into You

Foi SM anunciar isso aqui pra todo mundo perceber que Yuri é a mais apagada do SNSD (tá vivo ainda?). A coitada não fazia nada. No entanto fez o melhor debut solo de uma SoShi (quase escrevi “ex” .-.), sim, com uma faixa genérica, mas que se importa? No fim o básico me agrada mais.


Super Junior – One More Time (Outra Vez) (feat. REIK)

É interessante um grupo da terceira idade mergulhando de cabeça na modinha da vez, não que surpreenda, pois não sei se vocês lembram, mas SuJu já se aventurou lançando MAMACITA antes mesmo de o latin pop ser inventado.
Otra Vez pode ser o latin pop 101, mas no kpop isso “ainda” é novidade.
Dá pra notar que a modinha veio com força agora na segunda me do ano.
Já saiu mais latin do que farofa try-hard (talvez seja só eu ignorando a última) o que não reclamo.
Desde que isso se iniciou, comexei a ouvir bastante músicas espanholas, mexicanas, venezuelana e etc.
E não falei nada da música né?
O mini todo está ótimo.
É isso.


IU – BBIBBI

Nunca dei muita moral para IU e continuo não dando. Essa música só está aqui porque adorei o MV.
Mas já que estamos aqui: BBIBBI>>>>>Palette.


fromis_9 – LOVE BOMB

f_9 voltou, agora com as nove, com o que dizem ser a melhor do grupo, não que seja difícil.
Gostei da intro e acho que ela de aparecer mais durante faixa.
Muitos grupos que não tinham muita moral estão lançando seus melhores trabalhos da carreira (ou em muito tempo) esse ano. OH MY GIRL, WJSN, MOMOLAND, Apink (!!!), agora fromis_9. (Além de outros que comentarei depois.)
Esse conceito de LOVE BOMB chama muito mais atenção do que coisas como DKDK, mesmo sendo boazinha.
O MV tá um lixo, ou seja, está ótimo.


Lee Hong Ki – I AM (with CHEETAH)

Gemt o que a Cheetah fez na cara?


Lee Hong Ki – COOKIES (feat. Ilhoon)

Gemt o Hong Ki é bonitinho, né? Dá vontade de ACERERRE DA DERRE BERREBE TUBERREBERI.


WEKI MEKI – Crush

Esse grupo teve uma pequena evolução desde o debut, e o papo de teencrush pode ter virado piada (eu já gonguei bastante) mas pelo menos pode se notar um esforcinho pra seguir nesse conceito, que pra mim é só um girlcrush mesmo.
Crush me lembra outras músicas, como Dance Again da J.Lo e mais alguma que não consigo me recordar, a sensação de já ter ouvido esse refrão antes vai me incomodar pelo resto da vida!
Gostei.
Ps: O final do MV com elas sendo enquadradas com as plaquinhas de prisão é a mesma coisa que acontece em Wee Woo do PRISTIN, que também tem ex-I.O.Is, que são Produce 101 que é da Mnet, ou seja, Mnet é uma bandida!


NCT 127 – Regular (Korean Ver.)

Lembro de ver um tweet dizendo que o comeback do 127 seria rock e não latin pop. Bem… Que rockzão, hein menines! DreamCatcher já tem uma versão masculina para chamar de sua.
Tenho sentimentos mistos por Regular, ao mesmo tempo que vejo ela como algo novo, vejam bem, a SM deu pros meninos algo que usa da nova modinha mas que vai por uma curva não tão usada, pelo menos é a impressão que tenho.
Só que é isso mesmo que me faz ter preguiça dela.
E a SM usou isso pra tacar o grupo nos EUA. Não sabem com o que estão mexendo!
EUA é só do BTS! Outros grupos não podem!


APRIL – Oh! My Mistake

AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA ACERERRE DA DERRE BERREBE TUBERREBERI
QUE HINO!!!!!!!!!12631!7129AOA1!!
Agora sim APRIL tem o single eclipsador de carreiras, trazendo seu melhor trabalho desde sempre.
Retro concept quase nunca é um erro. Esse refrão está AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA. Uma das melhores do ano, com certeza.
Torcendo para que sigam com o conceito.
Naeun está tão linda que me faz questionar minha homossexualidade.


SOYA – Artist

Lembram da SOYA? Já devo ter explicado esse projeto umas duas vezes aqui, mas explico de novo de forma resumida.
SOYA participou do lixonine. Check.
Começou um color project. Check.
Cada lançamento uma cor como tema. Check.
Cada single com as letras do nome dela. Check.
SHOW
OASIS
Y-shirt (Deep Inside)
E agora pra encerrar, Artist.
Eu adotei ela, adotem também.
Enquanto as outras músicas dela foram pro lado tropical house ou latin pop da força, Artist se diferencia por estar mais para um pop básico que não tem muito a destacar além da guitarra após o refrões, o que pra mim é o suficiente pra fazer ela entrar na playlist.


MONSTA X – Shoot Out

Eu estava curtindo os singles anteriores do Monstro Xis, os instrumentais não estavam tão pesados como essa aqui e ultimamente o gosto que eu tinha por essas oppa-try-hard-vida-loka-fodão-concept sumiu, o que faz ouvir isso quase insuportável.


BoA – Woman

Woman ganha mais destaque pelo pacote todo de conceito+MV+empoderamento do que pela música. Não que a música seja ruim. Toda a ideia por trás desse lançamento, desde letra da música, coreografia, composição do MV, estilo da música soma pontos para fazer um comeback memorável, todos tendo uma grande importância no pacote final, como deveria ser com tudo.
Me faz sentir uma grandeza, como se BoA conseguisse transmitir exatamente o que estava querendo. Atingir um propósito.


Dua Lipa, BLACKPINK – Kiss And Make Up

A verdade é que se não tivesse o BLACKPINK nesse negócio eu estaria total nem aí.
Acho bem boazinha, mas cansa rápido.


IZ*ONE – La Vie en Rose

Que esse P48 foi um fiasco, todo mundo concorda, mas eu mesmo passei da fase do “PORRA MNET CADÊ KAEUN CADÊ MIRU CADÊ DOAH SUA LIXOSA NOJENTA!!!!!1!123” para “Ah gemt, são tão lindinhas iti malia girlgroup da nação” em uma semana.
Aí elas vão e tem o melhor debut dentre os filhos do Produce.
Adorei a suavidade que tem no refrão, que ficou mais efetivo do que se virasse um batidão. Aqui a parte mais “feroz” fica com o pré-refrão, criando um ótimo contraste.
E CHAEYOUNG BIAS RAINHAAAAAAAAAAAA OWNER OF THE PORRA TODA!


Pink Fantasy – Iriwa

Lembram quando os nugus debutavam só com aegyo chato? Essa era está acabando!
Primeiramente: Eu daria tudo para que esses “PALI UA BUAAAA” não existissem na música. Mas ela tem uma vibe interessante e um MV tosco demais, o que nesse caso só deixa melhor.
Devem terem comprado fantasias no brechó e juntaram tudo para ver o que dava.
TWICE não podia estar lançando isso?


EXO – Tempo

Ficaram um ano n geladeira (o que no kpop significa sete) pra voltar com isso?
Podem colocar os outros seis de volta no freezer e continuar só com o EXO-TTS que está mais aproveitável.
Os “DUM DUM DUM DUM DUM” no ínicio de Não fode com meu ritmo são ótimos, mas logo depois coisa t desanda.
Kai com o cropped ficou estranho.
Mas se tivesse do meu lado eu falaria “inhaeeeeee vamos ACERERRE DA DERRE BERREBE TUBERREBERI”

Lembrete pessoal: tenho que parar com isso.
Achei Gravity chata também.
E NÃO ESTOU NEM AÍ SE FORAM OS PRÓPRIOS INTEGRANTES QUE PARIRAM O ÁLBUM.


KD/A – POP/STARS

Um girlgroup virtual sendo mais interessante que muitos de carne e osso por aí (tá difícil, TWICE?).
Estou começando a acreditar que tudo que tiver Soyeon será bom. Adoro a voz dela. É sempre o destaque nas músicas.
Adorei o girlcrush 101. Não tem problema ser básico se for bom.
Adorei o MV. Eu sou a que tem a máscara de neon, e vocês?


TWICE – YES or YES

Fiz o post sobre SIM ou SIM antes mesmo de ser lançada, porque eu tinha certeza que seria mais do mesmo. E realmente foi.
Só queria acrescentar algo: RAINHA DA DANÇA DONA DA CORÉIA DONA DO JAPÃO E MINHA MULHER, MOMO, ESTÁ TÃO LINDA!
Essa mulher nasceu pra fazer girlcrush! Eu consigo ver ela pedindo ajuda com os olhos.
“Help me! Eu quero twerkar!”
Aquela parte com o pau me matou.
JYP você está aprisionando um grande potencial.


gugudan – Not That Type

Eu já avisei várias vezes, mas essas agências não me escutam. Colocar nome do grupo relacionado ao número de integrantes é pedir pra alguém pular fora. Sempre acontece.
Nine Muses tá aí de exemplo.
8u8udan é mais um dos girlgroups sem gracinha que mandaram bem esse ano, primeiro com o gato de botas concept, agora com Not That Type, que abandonou as referências a contos e histórias mas entregou a melhor do grupo.
A música já começa promissora com o reggaetonzinho e explode num refrãozão.
Quem também adora os gritos do segundo refrão levanta a mão.


Key – Forever Yours (feat. Soyou)

Primeira vez que ouvi, pensei “que coisinha sem graça pra um debut de alguém do SHINee”, mas ouvindo com o MV minha impressão foi outra, não sei porque, acho que vou com a cara do Key.
No fim das contas está bem legal.


DREAMNOTE – DREAM NOTE

Não sei porque estava com expectativa pro debut desse grupo, só sei que saí desapontado.
É o aegyo 101 que eu disse que os grupos estavam abandonando. No entanto, de alguma forma eu sinto como se não tivesse ouvido esse tipo de coisa por um tempo, o que faz eu ter a sensação inexplicável de “novidade”.
Quando não está todo mundo lançando a mesma coisa, essa coisa deixa de ser mais do mesmo, mesmo que seja. -Linspector, Candy


Jennie – SOLO

Daqui dois dias eu posso estar gritando “SOLO HINO LACRADOOOOR” só que neste momento eu só sinto decepção.
Eu estava esperando um debut realmente diferente, imaginando uma coisa maior, tendo em vista o hype que a Jennie tem na YG, mas isso ficou meio sem sal, sabe?
Espero que os solos das outras (que devem sair até 2030) me agradem mais.


H.U.B – Finale

Quando boygroup usa latin pop é uma coisa, agora quando girlgroup usa latin pop tudo fica melhor (como tudo).
Os “DURORO DURORO DURORO” do refrão casaram bem com o instrumental latin pop-esco.


Recentemente mais um blogueiro deu tchau pro fundo de quintal, isso é meio chato.
Quando eu descobri o Asian Mixtape lá em 2014, eu tinha um pensamento diferente sobre deboche e afins, ver o Bruno tacando o pau no Girls’ Generation me fez fugir do blog. Algum tempo depois e entrei em contato com o blog novamente, e dessa vez passei a acompanhar postagem a postagem. Os textos gongando os girlgroups as vezes ainda me faziam ranger os dentes, mas nunca fui daqueles que faziam comentários xingando ou algo do tipo, que isso fique bem claro.
Algum tempo depois descobri o Why, Dougie? lendo algum post que não tinha deboche algum e pensei “melhor blog!!!”. Eu ainda tinha uma implicância com o AM, então fui no post do Why, Dougie? e comentei “mais isso e menos Asian Mixtape, por favor”. Hahahahaha. Depois o Bruno fez um comentário no post falando sobre o post e eu pensei “AI MEU DEUS ELE VIU MEU COMENTÁRIO AAAAAAAAA”. Eu fiquei realmente morrendo de vergonha, mesmo que ninguém soubesse que fui eu. Agora sabem.
No fim de 2014 (ou 2015?) eu descobri outros blogs. Já havia conhecido o Delírios da Madrugada, que virou meu bias, e naquele fim de ano conheci o Esquadrão Lunático e o MAIMYU, todos os blogs fazendo seus tops de fim de ano. Sempre considerei a Parede Inquebrável da blogosfera.

Em janeiro do próximo ano veio o The Misconceptions of Me, o The Earworm Dem e o Asia on Fire (ou é Jelly? Não lembro) e eu ficava vendo todo mundo nos comentários dos blogs e pensava “eles são tão legais” mas eu não podia participar porque nunca tive internet em casa.
Uma ideia começou a crescer em mim: fazer um blog. Fiquei muito tempo tomando coragem, pensando em nomes (eu realmente pensei que WeeKpop era uma boa ideia) e pensando em como faria isso sem internet.
Dei meu jeito e debutei o blog em maio (ter escolhido Parede Inquebrável como nome me pareceu tão aquém de minha capacidade).
Quando vi já estava ali no meio deles.
Depois disso comecei a ir atrás de todo novo blogueirinho que aparecia para entrar no grupo. Alguns desses até disseram que fizeram o blogs por minha causa (o que eu luto pra não acreditar que seja piada).
Nunca tive muitos amigos, não sou bom nisso, e com a blogosfera me sinto acolhido, fazendo parte de algo.
Fiz algumas amizades.
Esse blog é muito importante para mim, e nunca pude fazer dele o que queria, pela falta de internet, o que me fez fechá-lo duas vezes.
Tecnicamente ele ainda está fechado, mas não quero encerrá-lo definitivamente. Porém agora estou até sem celular (minha forma de escrever os posts) o que torna impossível postar alguma coisa.

Não farei o Ranking de Popularidade dos Girlgroups, que a ideia era ter um todo ano.

Nem o post com os tops 5 alguma coisa, como rolou ano passado.
Por isso estou entrando “novamente” em um hiato indeterminado.
Não é um adeus, só um até logo. Se as coisas derem certo eu volto ano que vem.
Até mais.


 

Anúncios

17 opiniões sobre “[Retrospectiva Aleatória] Parte 6: TWICE, IZ*ONE, gugudan, WEKI MEKI e etc + Recado Importante

  1. Mais tarde eu comento com mais foco, ok?

    Só lembrando que a) quase chorei naquele final
    b) se n fosse você eu n teria feito o blog pq vc que me colocou no grupo pq eu entendi errado e aí eu fiz parte da turminha
    Entendeu?
    Não
    Eu tbem não
    Mas adoro você e é de verdade
    E que bom que o blog ta vivo mesmo estando morto

    E como diria o blog #ResistenciaBlogsfera
    Ou algo assim

    Liked by 1 person

  2. O que foi esse final Candy? tu quer me fazer chorar mesmo????????????? ;___;

    Sou testemunha da dificuldade que você tem que vencer a cada post novo, dos verdadeiros milagres que você faz pra conseguir manter o blog “morto-vivo” mais vivo possível ❤ só tenho a te dizer que você é uma pessoa maravilhosa \0/ e graças a "blogosfera" eu te conheci (e vários outros anjos de luz), e sou muito grata a ela por isso ❤

    Liked by 2 people

  3. Emocionante o final! Torço pra que o “até logo” seja mesmo para um retorno logo (mas sem pressão, a prioridade é que você esteja bem e com disposição pra fazer mais publicações).

    No mais, Pink Fantasy RAINHAS!! Quer dizer, COELHO rainha, porque as outras gurias não têm muita graça (tirando a que berra como se não houvesse amanhã, mas ela ainda fica atrás da Coelho-sama).

    Liked by 1 person

      1. Uma curiosidade sobre o Pink Fantasy que eu só descobri essa semana é que as integrantes têm diferenças bem grandes de idade: a caçula (a chata do “pali ua ba”) só tem TREZE anos, enquanto a mais velha tá com quase VINTE E OITO (praticamente uma anciã pros padrões do k-pop).

        E aí temos a Daewang (a com cabeça de coelho), que segundo a agência, tem como ano de nascimento 2189 (ou seja, ela AINDA VAI NASCER… viajante do tempo concept??) e DOIS METROS DE ALTURA (novamente, segundo a agência, porque nas apresentações a altura dela é bem próxima das coleguinhas com 1,65 m…).

        Eu achava (ainda acho) que os idealizadores do LOONA usam drogas alucinógenas. No caso dos idealizadores do Pink Fantasy, eu tenho certeza.

        Liked by 1 person

      2. Dorgas, mano, dorgas.

        E hoje a agência delas resolveu dar um comeback pra elas… ou melhor, pra PARTE delas, já que na verdade é uma sub-unit:

        Pior que a música é boa, mas qual a lógica de lançar sub-unit pra um grupo que ainda nem teve EP? E ainda sem a pirralha, sem a unnie ahjumma com arcada dentária esquisita (mas de boca fechada ela é bem bonita), sem a MUSA Daewang (que aparece no MV porque né, quem vai reconhecer o grupo sem ela??)…

        (mas a de cabelo curto nesse MV é muito linda)

        Liked by 1 person

Deixe uma Resposta para kagehisaanotsu1 Cancelar resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s