Debut do UNB: O Que E O Que Não Fazer Com Um Survival Show, Estrelando THE UNI+ E MIXNINE

THE UNI+ e MIXNINE foram dois survival shows que surgiram na mesma época ano passado, com premissas similares, os dois programas teriam como participantes homens e mulheres numa competição mista.

Mas as semelhanças param por aí.

Enquanto no THE UNI+ grupos dos dois gêneros teriam seus vencedores, MIXNINE daria a vitória a apenas um lado.

A partir daí os dois programas foram se distanciando mais e mais.

As comparações, claro que estariam lá, com um sendo bem sucedido e bem produzido enquanto outro só servia para passar raiva.

O contraste gigante entre os dois programas foi enorme.

A maior parte, obviamente, vinha do MIXNINE, onde logo em seu início já mostrava cenas desconcertantes com o dito cujo idealizador do survival tratando os participantes com muita falta de respeito, dizendo porcaria atrás de porcaria.

Não é de se espantar o negativismo com que o MIXNINE foi recebido, afinal qual é o fã que quer ver seu ídolo sendo rebaixado em um programa de televisão?

Então MIXNINE foi ladeira abaixo, e tendo outro programa servindo de comparação, tudo pareceu pior ainda.

THE UNI+ deu bons exemplos de como levar um programa, e com seu fim dá para perceber o empenho com os vencedores. Sendo promovidos a torto e a direito, com os grupos vencedores tendo seus debuts logo anunciados. Um esforço enorme pra tentar fazer o que foi proposto para os participantes e para o público.

Por outro lado temos o MIXNINE, que cada notinha saindo sobre o grupo vencedor já atingiu o ponto de piada.

Enrolação por parte da cabeça por trás do projeto, que insatisfeito com os resultados do programa, parece não saber o que fazer com os vencedores.

O programa serviria para promover o grupo já antes de sua estréia, o que na prática não serviu de nada.

Aí percebemos a falta de organização e compromisso que a pessoa tem com seu próprio negócio, que apesar de não ter atingido o que ele queria, devia mesmo assim manter o esforço de entregar o que foi prometido desde o início, um debut pros vencedores.

Mas o que tudo mostra é que nem acordos com as agências dos participantes foram firmados, o que, do meu ponto de vista, deveria estar tudo acordado antes mesmo do início do programa.

No fim, o que os vencedores ganharam? Porque a única coisa que vejo ganhando é seus nomes em notinhas vergonhosas sobre o assunto.


Enfim, o foco desse texto era comentar o debut do UNB e me deixei levar.

Eu sinto uma vergonha alheia vendo como o MIXNINE foi ao lado do THE UNI+.

UNB teve seu debut, como foi prometido, agora em abril.

Os participantes do grupo masculino vencedor lançaram seu single Feeling, uma faixa dance com elementos de hip-hop, a típica faixa de boygroup.

Ela é bem sóbria em sua composição, com os vocais fortes e o instrumental fluido, sem paradas bruscas e com um refrão que funciona como refrão, o que já é motivo para apreciá-la.

E o UNI.T logo debutará.


Me pergunto como que a YG consegue ainda ser a segunda agência de entretenimento mais bem sucedida no mercado. Porque claramente os erros nela são muitos.

Nos resta é desejar boa sorte aos vencedores do MIXNINE para conseguir enfrentar o que quer que sejam sujeitados.

E para o THE UNI+ e o UNB ficam os aplausos.


4 opiniões sobre “Debut do UNB: O Que E O Que Não Fazer Com Um Survival Show, Estrelando THE UNI+ E MIXNINE

  1. Com todo esse gerenciamento horrível de artistas, também não entendo como a YG continua tão grande. Será que não tem substituto pras Big3?

    É engraçado como funciona o cenário sul-coreano, com grupos tipo Momoland, RV e Twice quase tendo um treco nos programas de tanto cansaço, enquanto os atos da YG sofrem pra ter um mísero single por ano (saudades, Lee Hi).

    Liked by 1 person

  2. No auge da polêmica das oito deusas rolou umas provas do envolvimento da YG no esquema, parece que dinheiro dessa sujeirada estava sendo utilizado pra bancar a futura sede, mas as investigações, como sempre rola com política, pararam assim que a atenção do público foi para outra coisa – depois disso ficou muito claro o porquê a empresa sempre fica de boa. É uma pena para os artistas dela, que são de fato gente talentosa e esforçada, viver a mercê desse crianção.

    Liked by 1 person

  3. olha eu comecei a assistir The Unit no KBS World TV por facilidade e falta do que fazer mesmo e achei tão melhor que mixnine. parece que eles queriam ajudar o pessoal mesmo em vez de só criar treta. mixnine por sua vez achei super morno e tediante e irritante e estou extremamente feliz que loona não vai ter mais relação aquele show capenga, bjs

    Liked by 1 person

Deixe uma Resposta para André Cancelar resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s